A BeReal é uma rede social de origem Francesa, criada em 2020. Mas foi em 2022 que começou verdadeiramente a crescer, acumulando até ao momento cerca de sete milhões de instalações. O seu propósito? Incentivar as pessoas a serem autênticas, genuínas e espontâneas, contrastando claramente com a “realidade” de outras redes sociais. Um conceito que está a conquistar cada vez mais adeptos, nomeadamente entre as gerações mais novas. Nos Estados Unidos, é já a aplicação gratuita número um a ser instalada na Apple Store e no Google Play. Em Portugal encontra-se em oitavo lugar, na categoria de redes sociais, na Apple Store.

Fácil, intuitiva e real

A aplicação BeReal é conhecida, por contrariamente a outras redes, incentivar partilhas reais. Como funciona? De forma muito fácil e intuitiva. Os utilizadores recebem uma notificação no telemóvel que indica que a pessoa tem dois minutos para publicar uma fotografia de perfil com câmara frontal e uma fotografia daquilo que está a fazer com a câmara traseira. A finalidade é as pessoas serem reais e demonstrarem pelo menos uma vez por dia a sua vida, de forma nua e crua, sem filtros.

No seguimento da publicação, é possível optar por partilhar as fotografias apenas entre amigos ou com todos os utilizadores da aplicação, sendo uma opção de cada utilizador decidir quem pode ver as suas fotografias e ações do momento.

Conceito da aplicação

A essência da nova plataforma BeReal é contrária à do Instagram, por exemplo. Na maioria das redes sociais, hoje em dia, as fotografias podem ser trabalhadas com filtros e opções (on e off line) que alimentam uma visão idílica das pessoas e das suas vidas. Este culto da perfeição, leva muitas vezes os utilizadores a estabelecerem uma relação tóxica com as redes sociais, com impactos por vezes devastadores na sua saúde mental. Um problema ainda mais exacerbado pela corrida aos followers e aos likes e pela publicidade e os conceitos de muitas vezes associados aos próprios conteúdos.

A BeReal surge para responder a um certo cansaço, sobretudo entre os jovens, de seremos avaliados por números que nada dizem sobre nós. E a sua proposta não é mais do que um espaço de partilha onde predomina a autenticidade e onde não há tempo para embelezar ou deturpar. What you got is what you see: uma visão real do quotidiano tal como ele é, sem filtros, sem glitter, mas não menos interessante e partilhável.

O posicionamento da plataforma é claro sobre ser uma aplicação “anti-instagram”, segundo os fundadores “BeReal é vida, vida real, e esta vida não tem filtros”. A aplicação francesa tem cativado cada vez mais os jovens da geração Z e crescido para além das expectativas iniciais dos seus criadores. Uma rede social que tem sido objetiva nas suas crenças e que prefere autenticidade em detrimento de curadoria. Com a promessa de continuar a dar no futuro, a oportunidade a cada um de nós de mostrar quem realmente é, seja ele influenciador ou mero utilizador.

Fica na dúvida, se os jovens estão preparados para continuar a deixar de publicar apenas aquilo que acham que os outros vão gostar. E mudar-se para uma rede social onde a autenticidade é o mote e onde não há espaço para famosos, influenciadores e afins.

#trends2022 #socialmedia #marketing #digitalmarketing #marketshow

How interesting was this post?

Click on a smiley to rate it!

Average rating 5 / 5. Vote count: 3

No votes so far! Be the first to rate this post.

We are sorry that this post was not interesting for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?