Com a pandemia, reinventaram-se alguns conceitos e outros tantos ganharam força e passaram a ser um mercado consolidado. É o caso do Marketing de Influência. Cresceu em 64% durante a pandemia e veio reforçar a ideia de que vender um produto/serviço é “vender” uma história. É o que temos vindo a afirmar como genuinidade, honestidade e o ser verdadeiro naquilo que se comunica.

É verdade que os influenciadores digitais reúnem milhares de comunidades de pessoas, para as quais as marcas olham como potenciais clientes, mas tem a certeza que sabe como adequar o seu negócio/marca ao marketing de influência? E será que escolhe as personalidades certas, para conseguir o seu retorno?

O que é o marketing de influência?


O marketing de influência pode ser visto como a melhor forma de uma marca conseguir aumentar a sua visibilidade e gerar confiança para o seu público. Não é uma estratégia nova, mas é aquela que potenciou melhores resultados no último ano. Foi fruto do aumento do consumo digital em 2020, e especialmente do consumo de conteúdos nas redes sociais. Mas como em tudo, para que esta seja a melhor forma de alcançar a visibilidade que pretende, é preciso rigor na estratégia e cuidado nas tomadas de decisões.

O consiste em fazer da comunicação dos influenciadores digitais nas redes sociais, a melhor representação da sua marca. É onde existe a atenção ao detalhe, a partilha de experiências de utilização, a menção específica à sua marca, e muito importante, o incentivo ao consumo que move grupos e comunidades. Aqui, a melhor característica é a naturalidade. O influenciador usa e partilha porque realmente gostou, porque foi útil, porque tem significado para o mesmo (e por isso vai mover o seu grupo de fãs). Em nenhum caso o marketing de influência deve ser visto simplesmente como a troca de um produto ou serviço pelo valor pago. Mas deve ser feito para que haja um impacto “amigável” junto da sua audiência. É isto que as marcas procuram na estratégia e nos próprios influenciadores digitais.

“O marketing de influência consiste em fazer da comunicação dos influenciadores digitais nas redes sociais, a melhor representação da sua marca.”


E quais os fatores que fazem desta estratégia o rosto de 2021?


Para além do aumento no consumo de redes sociais e de conteúdos de influenciadores digitais, esta estratégia de marketing é a “nova cara” das marcas em 2021. Mas quais as razões para este sucesso?

Primeiro, é uma ferramenta altamente segmentada. Começa pela escolha da audiência que cada marca quer atingir. Desde os nano influencers (com menos de 10 mil influenciadores) até aos macro influenciadores, a escolha é feita pelos objetivos de comunicação de marca. O influenciador digital certo para si, não precisa de ser aquele que tem maior número de seguidores, mas aquele que tem uma comunidade criada que vai ao encontro do público pretendido para a sua marca. Porque são eles que vão melhorar a sua posição, quando a comunicação e incentivo forem bem conseguidos. Aliás, muitas das marcas já optam pelos nano influenciadores, mas que garantem retorno, pela proximidade que conseguem com o seu núcleo de seguidores mais pequeno, do que grandes celebridades onde muitos dos números de seguidores não passam a clientes.

Em segundo, é uma estratégia que potencia o contacto e a conversa direta com o público. Muitos dos utilizadores ignoram os anúncios feitos nas redes sociais, mas já prestam atenção quando um influenciador com o qual se identificam aborda determinado tema, ou demonstra a sua experiência com determinado produto. Desta forma, tem um grande poder de conversão porque a recomendação é feita por alguém que os seguidores admiram.

Em terceiro lugar: o imprescindível que é estar presente no digital. E o marketing de influência representa nos dias de hoje, a maior fatia deste bolo que é o marketing digital. É imprescindível utilizar esta estratégia, mas é igualmente imprescindível tomar cuidados na hora de definir campanhas e influenciadores.

“Para além do aumento no consumo de redes sociais e de conteúdos de influenciadores digitais, esta estratégia de marketing é a “nova cara” das marcas em 2021”


Agora que já sabe em que consiste o Marketing de Influência… porque deve adotar a estratégia?


Em termos práticos, e porque todos nós enquanto consumidores procuramos referências sobre certos produtos ou serviços antes de os adquirir, há 5 grandes vantagens em aliar a sua marca a um influenciador:

  • Atingir novos públicos.

É sempre uma forma de interagir com novas comunidades, porque cada meio de comunicação atinge grupos de pessoas diferentes.

  • Gerar credibilidade para a sua marca rapidamente.

É quase como um efeito direto. O influenciador representa-o e é quase instantâneo que aquele grupo de seguidores passe a ver a sua marca com outros olhos e de forma muito mais reconhecida.

  • Conseguir aumentar o nível de engagement.

O influenciador representa-o nas suas redes sociais e esta é a mais próxima e melhor interação com o público-alvo, para além da naturalidade conseguida na comunicação que é transmitida.

  • Produção de conteúdo com regularidade e diversificado.

Não deixe que a sua marca caia na rotina de conteúdos de comunicação, dê asas à imaginação do próprio influenciador enquanto criador de conteúdo.

  • O poder da segmentação.

E aqui, passa maioritariamente pela escolha de influenciadores que tenham a relação e o público-alvo pretendido.

Embora os resultados e o processo de utilizar a estratégia de marketing de influência pareça simples e fácil de por em prática, é necessário planeamento estratégico e avaliação de oportunidades. Muito principalmente, perante um leque completo de influenciadores atuais, escolher aquele que fará mais sentido. Alinhar produto, marca, influenciador e público.

E justamente, estamos aqui para o ajudar a impulsionar os valores da sua marca através do marketing de influência. Somos early adopters. E é com uma visão omnichannel que atuamos para amplificar a presença da sua marca, no universo digital… e mais além.

Descubra como o podemos ajudar. Fale connosco: marketshow@marketshow.pt

#socialmediamarketing #influencermarketing #digitalmarketing #brandactivation #marketing #happybrands #changeyourmindset #happypeople #happytalents #marketshow #wemakeithappy

How interesting was this post?

Click on a smiley to rate it!

Average rating 4.8 / 5. Vote count: 4

No votes so far! Be the first to rate this post.

We are sorry that this post was not interesting for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?