O Pinterest é uma rede social que já conta com 478 milhões de utilizadores ativos mensais. Tem crescido a uma impressionante taxa de 30% YOY, tendo durante a pandemia dado um salto de mais de 400 mio de utilizadores ativos, ultrapassando outros gigantes das redes sociais como o Twitter. E a sua progressão não mostra sinais de abrandar, muito pelo contrário.

Esta rede social, bem conhecida por muitos de nós, resulta da partilha de imagens por diversos utilizadores, funcionando como um painel de ideias e inspirações, nas mais variadas áreas. Mas para as marcas vai muito além de um catálogo de imagens. É um motor de pesquisa visual e uma ferramenta de produtividade. Uma forma eficaz e eficiente de aumentar o engagement, atingir novos públicos e gerar tráfego e conversões.

Ainda não conhece este lado B do Pinterest? Fique a saber porque esta é uma rede social a não perder de vista nos próximos anos!

O que é o Pinterest?

Criada em 2009, a rede social Pinterest permite descobrir, partilhar e guardar ideias sobre qualquer temática. Funciona através de pastas de imagens, que organizadas por categorias e marcadas por pins, apresentam diferentes painéis para cada categoria. Nesta rede social, o utilizador pode organizar como preferir ideias e inspirações sobre algo que tenha visto, seja em pastas públicas ou privadas e guardar ou partilhar pins de outras pessoas ou marcas. Hoje, é o primeiro motor de pesquisa visual no mundo.

O objetivo do Pinterest é claro: inspirar a vida de cada pessoa. Foi com este intuito que foi criado, apostando no poder das imagens como instrumento de comunicação e interação. Hoje cumpre a sua missão de rede social “visual e inspiracional”, com mais de 478 milhões de utilizadores ativos.

Porquê considerar o Pinterest para a sua marca?

  • É a 14ª maior de rede social do mundo, e o seu crescimento não mostra sinais de abrandar. Nomeadamente, apostando em ferramentas de monetização de conteúdos claramente direcionados para atrair produtores de conteúdos, em cada vez maior número e qualidade.
  • A sua taxa de crescimento de 30% YOY, https://investor.pinterestinc.com/financial-results/quarterly-results/default.aspx , mostra o poder de atração que esta rede continua a exercer e a sua capacidade de se reinventar e de se renovar de forma relevante e eficaz, no sentido de continuar de atrair cada vez mais utilizadores regulares ativos.
  • Para além da sua curva de crescimento impressionante enquanto que rede social, o Pinterest também se tem imposto como um motor de pesquisa por si. E na guerra dos algoritmos, é uma arma poderosa para colocar a sua marca nos primeiros lugares das pesquisas.
  • Não só permite fazer corresponder a sua marca com aquilo que as pessoas estão a procurar no momento, como lhe permite aliar o inspiracional e o comercial. No Pinterest, as marcas conseguem descobrir e captar novos públicos, aproximar e melhorar o relacionamento e gerar tráfego para outras plataformas. 84% dos utilizadores do Pinterest, acedem à rede social quando estão no momento de decisão de compra. 98% dos utilizadores já experimentaram algo por influência do Pinterest. 80% dos utilizadores descobriram novas marcas enquanto navegavam nesta rede social. Números não faltam para provar que esta é uma rede com tanto potencial como criadora de brand lovers, como ativadora de vendas.

E como tornar o Pinterest uma ferramenta eficaz de marketing? | Dicas práticas

Tal como noutros canais de comunicação, a primeira etapa é definir objetivos e desenhar uma estratégia de comunicação específica para esta rede. Isto implica:

– Contextualizar a presença da marca tendo em conta os objetivos da mesma, as suas prioridades e a sua área de atuação;

– Definir objetivos e personas no âmbito do público utilizador do Pinterest;

– Analisar a presença de marcas concorrentes nesta rede social;

– Desenhar um perfil e planear conteúdos específicos para este novo espaço.

E quais os insights a ter em conta:

1. Painéis com keywords como títulos. Como em todas as redes sociais, há que otimizar conteúdos. E aqui não é exceção. Crie painéis inspiradores de acordo com a área da sua marca, para que os utilizadores fiquem sempre na expetativa da próxima partilha. Utilize palavras-chave para os títulos dos seus painéis de marca, para que corresponda a palavras pesquisadas pelos utilizadores. Organize os seus painéis de fotografias por categorias, para que seja mais facilmente encontrado pelos utilizadores.

2. Imagens verticais para impactar os utilizadores. No Pinterest, consiga o maior espaço visual como destaque na rede social. Quando um utilizador acede à aplicação, as maiores imagens são aquelas que vão despertar a sua atenção e captar mais visualizações. Aqui a estratégia passa por aumentar as imagens e consequentemente o reconhecimento.

3. Conteúdo relevante. O Pinterest é uma rede social extremamente visual. Ter em atenção a produção de conteúdos de alta qualidade e que criem envolvimento e partilhas, é a chave certa para marcar aqui presença. Algumas dicas: criar imagens verticais para ocupar grande espaço útil nos ecrãs dos utilizadores para captar a sua atenção como descrito anteriormente; não hesitar em usar descrições estratégicas para melhorar o SEO e estimular o utilizador a clicar no seu conteúdo; incluir em todos os conteúdos o logo da sua marca, para que não passe despercebido ao utilizador e crie relação entre tipos de conteúdos e marca; e por último, consistência e regularidade na partilha de conteúdos.

4. Diversidade no formato de pins. Apesar de ser um motor de pesquisa visual, não se trata apenas de fotografias. É uma plataforma de partilha de imagens, onde pode aliar vídeos e várias imagens a um mesmo pin, para criar o formato carrossel. Um exemplo desta boa utilização do Pinterest, é a marca Nike. A marca criou vídeos que estimulam os utilizadores a descobrirem mais produtos e encaminha-os para o site, e ainda utiliza pins para carrossel como apresentação de vários produtos de uma mesma categoria.

5. Detalhe a descrição de cada pin. É o segredo para se tornar a escolha do utilizador. Utilize palavras-chave também nas descrições de cada pin, e desperte a curiosidade do utilizador com informações relevantes e apelativas, que incentive a ver mais.

6. Links de ligação / Relação entre plataformas. Gerar tráfego para outros espaços de comunicação é sempre importante, e no Pinterest isso também é possível. Acrescente ligações em link através das descrições de cada conteúdo ou em cada pin. E complemente com a partilha de pins criados no Pinterest em outras redes sociais onde está presente.

7. Planeamento cuidadoso da sua imagem de marca. 97% das pesquisas feitas pelos utilizadores não incluem o nome de marcas, portanto é preciso saber corresponder a essas palavras pesquisadas. Fazer com que a marca chegue ao utilizador. Não focar os conteúdos exclusivamente a um tipo de comunicação, mas sim intercalar entre imagens promocionais, úteis e inspiradoras.

8. Otimização para SEO. Em qualquer canal de comunicação, a otimização permite fazer corresponder a nossa marca à pesquisa de cada utilizador. No Pinterest é igualmente importante. Otimize os seus pins para que seja facilmente encontrado pelos utilizadores.

9. Anúncios no Pinterest. Nesta rede social é também possível criar anúncios. O Pinterest oferece funcionalidades para a utilização das marcas nos anúncios em termos de palavras-chave, interesses do público, localização, idade, entre outras categorias.

Ponha a criatividade da sua marca à prova! Mas não se esqueça: como em qualquer rede, há que estar preparado para investir recursos e sobretudo tempo para alinhar uma estratégia criadora, e se necessário e sempre que possível recorrer aos conselhos de especialistas para tirar o maior partido do potencial desta rede.

Pinterest marketing | And now what?

O Pinterest é sem dúvida, uma rede social que vai continuar a dar que falar. Nomeadamente porque está claramente na vanguarda daquele que é hoje em dia o grande desafio das redes sociais: garantir conteúdo relevante, genuíno e de qualidade. Investe, portanto, fortemente nas comunidades de criadores de conteúdos e está a introduzir ferramentas que permitem gerar novas receitas para os mesmos