A melhor forma de envolver consumidores e marcas é através de histórias. O famoso conceito de storytelling, onde a arte de contar histórias permite transmitir uma mensagem de forma inesquecível. A evolução da tecnologia trouxe novas dinâmicas para contar essas mesmas histórias. E a realidade aumentada é a nova tendência. Aqui, os consumidores criam conexões com as marcas de forma emocional e menos racional, porque as experiências com a marca tornam-se imersivas e o controlo é maioritariamente do consumidor.

A pandemia acelerou a transformação das indústrias, e em 2024 prevê-se um crescimento da despesa mundial com tecnologias (como a realidade aumentada e virtual) de 72,8 milhões de dólares.

São as experiências mais sociais e partilháveis que alteram hoje o marketing das marcas.

Mas como é que a realidade aumentada e a realidade virtual estão a mudar as experiências desenvolvidas pelas marcas?

 

O que é a Realidade Aumentada?

É uma tecnologia que mistura o ambiente real com elementos virtuais. Com a realidade aumentada fazemos parte de um ambiente/espaço que realmente existe, mas vemos elementos sobrepostos a essa realidade. Esta difere da realidade virtual (VR) que leva o consumidor a fazer parte de um ambiente totalmente criado e construído para aquele momento. Neste caso, somos afastados do mundo real.

Utilizar a realidade aumentada no marketing, é como acrescentar mais uma camada de envolvimento e interatividade às experiências criadas. É aproximar consumidores da marca através da junção destes dois ambientes. A realidade aumentada funciona como a integração de informações virtuais com o espaço real daquela experiência.

“Com a realidade aumentada fazemos parte de um ambiente/espaço que realmente existe, mas vemos elementos sobrepostos a essa realidade.”

Realidade aumentada | A nova procura nas estratégias das marcas… Porquê?

A pandemia forçou a alteração nos comportamentos de compras dos consumidores e a migração para os espaços digitais foi o que salvou muitas marcas e muitos consumidores que procuravam algo em troca da satisfação das suas necessidades. Se por um lado os consumidores se adaptavam aos novos formatos de lojas, por outro lado as marcas exploravam diversas formas de eliminar a barreira entre a experiência de compra em espaço físico e a experiência de compra online.

A realidade aumentada foi uma das mais eficazes formas de proporcionar uma experiência semelhante ao ambiente totalmente físico, pela qualidade imersiva que traz ao comércio online. De acordo com um estudo publicado pelo Statista, é esperado que até 2024 mais de 800 milhões de pessoas utilizem realidade aumentada pelos seus telemóveis e que atinga o marco dos 1,73 mil milhões de utilizadores.

Mas não é só da pandemia que se faz este crescimento e procura por experiências em realidade aumentada. Mais do que nunca, cada vez mais marcas procuraram novos canais digitais, procuram criar momentos imersivos ao consumidor, e criar extensões de experiências naturais. Seja para divulgar novos produtos, para permitir ao consumidor experimentar antes de comprar ou para promover interações. E muitas das experiências passam pela realidade aumentada, que já provou trazer múltiplos benefícios para as marcas:

– Taxas de conversão mais altas: Criar experiências imersivas ajuda as marcas a trazerem a essência das experiências em loja para o universo online. A realidade aumenta oferece flexibilidade na forma como os consumidores podem interagir com os produtos, e acompanham a sua costumer journey a outro nível. O consumidor toma uma decisão de compra muito mais segura, informada e consciente pela experiência que teve, e isso para as marcas faz com que as taxas de conversão melhorem.

Descida nas taxas de retorno: As elevadas taxas de retorno de produtos continua a ser um grande problema do comércio online. O consumidor não tem forma de testar produtos, e realiza a compra apenas por descrições e feedbacks de outros consumidores. Mas muitas vezes, o produto não corresponde às expetativas e há necessidade de devolução. A realidade aumenta surge no sentido de eliminar esta barreira da experiência e contacto com o produto. Permite ao consumidor experimentar o produto (ainda que virtualmente) no seu próprio contexto. Com a realidade aumentada, o consumidor sente muito mais confiança na compra que está a fazer e evita compras inadequadas.

– Valor acrescentado para a sua marca: O valor que uma marca tem junto dos consumidores é intangível. Esse valor é algo extra que cria uma experiência positiva para o consumidor. É capaz de convencer o consumidor a optar pela sua marca e transforma novos consumidores em brand lovers. A realidade aumentada é vista nos dias de hoje como um indicador de que aquela marca oferece aos consumidores ferramentas poderosas para ajudar a tomar decisões mais acertadas. Alguns estudos comprovam que 40% dos consumidores online, estão mais dispostos a comprar determinado produto depois de experimentá-lo através da realidade aumentada.

“A realidade aumentada foi uma das mais eficazes formas de proporcionar uma experiência semelhante ao ambiente totalmente físico, pela qualidade imersiva que traz ao comércio eletrónico.”

E como utilizar a realidade aumentada nas estratégias de marketing?

A adaptação das estratégias permite trazer o mundo virtual para o mundo real. Mas para isto, é necessário transformar momentos pontuais em experiências duradouras com a realidade aumentada. Despertar a curiosidade dos consumidores, criar momentos de envolvimento e acompanhar decisões.

1. Visualização de produtos:

A realidade aumentada permite que os consumidores vejam como determinado produto se enquadraria no seu ambiente. Em casa, no jardim, no escritório… esta ferramenta permite planear a compra para esse espaço com toda a segurança. Ter uma imagem real de como ficaria o produto naquele espaço. Traz uma dimensão muito prática às compras online e é altamente envolvente. O exemplo do IKEA, que criou a sua própria aplicação para que os consumidores pudessem escolher e posicionar o mobiliário dentro das suas casas mesmo antes de comprar.

2. Permitir a experiência de produto enquanto realizam a compra:

Esta é uma barreira de algumas marcas que podem ser ultrapassadas com a realidade aumentada, como é o caso do vestuário ou a cosmética. A tecnologia de realidade aumentada abriu novas portas de oportunidades para envolver os consumidores nestas indústrias. Agora é possível experimentar peças de vestuário virtualmente ou acessórios. A ferramenta cria uma imagem perfeita de como cada produto assenta na própria pessoa, sem ser necessário ir até à loja física.

3. Campanhas de marketing:

Para todos os casos, a realidade aumentada torna-se uma grande ferramenta de campanhas de marketing. A capacidade de criar experiências imersivas é uma vantagem competitiva que as marcas não querem perder, por trazer e envolver diretamente consumidores na essência da marca. As campanhas de marketing que utilizam realidade aumentada trazem valor acrescentado e reconhecimento no mercado.

4. Apoio ao cliente no pós-venda:

A realidade aumentada permite agilizar o suporte e acompanhamento pós-venda. Desde manuais de instruções, dicas de reparações, consulta e apoio online. Através dos telemóveis, o consumidor consegue aceder a páginas específicas para determinado produto, como por exemplo ler um QR Code e ter acesso a instruções de utilização passo-a-passo, ou a resolução de problemas comuns.

“… é necessário transformar momentos pontuais em experiências duradouras com a realidade aumentada.”

E qual o futuro da experiência do consumidor em realidade aumentada?

Os comportamentos dos consumidores estão a mudar. As relações entre consumidores e marcas estão a mudar. As experiências estão a mudar.

O futuro da realidade aumentada é feito de crescimento, evolução e opção. Opção das marcas para implementarem nas suas estratégias de marketing, e opção dos consumidores que sentem-se parte da experiência e escolhem a marca e produto consoante a experiência que tiveram. A realidade aumentada veio melhorar elementos que tornam o marketing mais personalizado, melhoram conteúdos e elevam as capacidades de interação.

A realidade aumentada veio para acrescentar valor às relações e à jornada de compra de cada consumidor, e é precisamente com ênfase neste ideal que vai continuar a evoluir. O futuro da realidade aumentada passa por conseguir cada vez mais e melhor, aliar o mundo real aos elementos virtuais e tornar essa a mais inesquecível das experiências do consumidor.

E justamente, estamos aqui para o ajudar a dar este salto para o marketing das marcas que redefine experiências através da realidade aumentada. Somos early adopters. E é com uma visão omnichannel que atuamos para amplificar a presença da sua marca no universo físico, digital e mais além.

Descubra como o podemos ajudar. Fale connosco: marketshow@marketshow.pt

#augmentedreality #digitalmarketing #marketingtrends #happybrands #marketing #newinsights #experientialmarketing #happypeople #happytalents #marketshow #wemakeithappy

How interesting was this post?

Click on a smiley to rate it!

Average rating 4 / 5. Vote count: 1

No votes so far! Be the first to rate this post.

We are sorry that this post was not interesting for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?