Portugal tem uma população com cerca de 10 milhões de pessoas, das quais 7 milhões são utilizadores de redes sociais, o que corresponde a uma penetração de perto de 70% (Fonte: HootSuit, Global Digital Yearbook, 2020). A utilização média diária das redes sociais é de mais de 2 horas por dia, em públicos com idades compreendidas entre os 16 e os 64 anos (muito próximo do tempo médio a que assistem a televisão: 2 horas e 38 minutos). Estes são números verdadeiramente impressionantes e que espelham o peso e a importância que as redes sociais têm na nossa sociedade. O digital e as redes sociais já não são o futuro, são o presente. Um presente que o Covid-19 veio acelerar.

O presente do digital e das redes sociais

É cada vez mais premente que as empresas nacionais comecem a tirar partido das novas tecnologias para reforçar a relação e a fidelização dos clientes, reduzir os custos e aumentar as receitas. E sabe o que vai acontecer se não o fizerem agora? Vão perder eficiência, competitividade e ficar ultrapassadas, sem conseguir acompanhar os novos hábitos de consumo. O ano de 2020 impulsionou o digital em Portugal, mas ainda há um longo caminho a percorrer.

As empresas que já fizerem esta transformação digital estão a construir uma relação com os clientes mais relevante e personalizada. Vão estar mais bem preparadas e gerar valor na relação com os clientes, vão manter a sua vantagem competitiva face à concorrência, vão otimizar os recursos e potenciar resultados, com menos custos. No entanto, muitos empreendedores e gestores sentem-se perdidos e não sabem como avançar. Como construir a sua presença online e estar mais próximos dos seus clientes. Por outro lado, quem já se lançou no digital e, em particular, nas redes sociais, de certeza, já percebeu que uma presença profissional e consistente dá trabalho, mas tem inúmeras mais valias e impacto no seu negócio.

“O ano de 2020 impulsionou o digital em Portugal, mas ainda há um longo caminho a percorrer. “

O importante é começar

Antigamente, apenas as grandes marcas com muito dinheiro, podiam comunicar. Hoje, com o digital, qualquer marca pode comunicar com o seu público-alvo, sem um investimento muito avultado. E as redes sociais tornaram-se um forte aliado das pequenas e médias empresas. Com bom conteúdo e algum investimento podem tornar-se globais. Veja-se o caso das Papelarias Emílio Braga, uma empresa portuguesa centenária que agora vende para os Estados Unidos, Canadá, Turquia, Japão, entre outros mercados.

O primeiro passo é derrubar as barreiras e os mitos que ainda persistem. E depois avançar. Começar, passo a passo, a construir uma estratégia.

  • Definir os objetivos. Vendas? Notoriedade?
  • Saber quem é o público-alvo. Quem é o seu potencial cliente? Quais os assuntos que costuma consumir dentro do seu nicho de mercado e quais os meios que utiliza para consumir esse conteúdo?
  • Definir as redes sociais para promover o seu negócio. O primeiro instinto será, muito provavelmente partir para as mais conhecidas ou, em caso de dúvida, para todas. Muitas empresas estão presentes em várias plataformas. No entanto, nem sempre esta é a melhor estratégia. De certeza que a gestão da sua empresa lhe ocupa o máximo da atenção e tempo. Assim, deve focar-se nas plataformas que mais retorno podem entregar. De início, para testar e conseguir gerir de forma eficiente, deve concentrar-se naquelas que fazem sentido para o seu negócio, naquelas onde tem a certeza que está o seu cliente. Se o seu negócio é para cliente final (B2C), deve considerar, por exemplo, o Facebook. Se o seu público-alvo for mais jovem, talvez o Instagram. Mas se, por outro lado, o seu público-alvo são outras empresas (B2B), então o seu foco deve ir para o LinkedIn.

“O primeiro passo é derrubar as barreiras e os mitos que ainda persistem. E depois avançar. Começar, passo a passo, a construir uma estratégia.”

Passado este processo inicial, é hora de passar à ação

A produção de conteúdos e promoção do seu negócio nas redes sociais. A sua maior aposta deverá ser sempre nos conteúdos. Produzir todos os dias conteúdos relevantes, que o seu público se interesse em seguir, em acompanhar. Que se queira relacionar, partilhar, guardar para usar mais tarde. Sem um bom conteúdo a sua estratégia está condenada ao fracasso. Tudo o que existe nas redes sociais, é conteúdo. Um texto, uma foto, um vídeo.

E como promover o meu negócio nas redes sociais? Antes de avançar, recordar que as redes são sociais e não comerciais. São canais de relacionamento onde as pessoas vão em busca de informação e entretenimento. Isto quer dizer que, se entrar de forma agressiva e tentar transformar as suas redes sociais em canais de venda, sem entregar valor, os seus resultados não vão aparecer e vai começar a ficar frustrado. Nunca é de mais reforçar: o mais importante que pode entregar ao seu cliente é valor, algo que ele tenha interesse em consumir ou que lhe resolva um problema ou necessidade. É fundamental criar uma relação de proximidade antes de começar a vender.

Depois de termos bem estabelecido este ponto saiba que a publicidade nas redes sociais vai ajudá-lo, a par com conteúdo de qualidade, a ganhar notoriedade e autoridade no seu nicho de mercado. Acresce a vantagem que o custo para anunciar no Facebook e Instagram é extremamente baixo quando comparado com outros canais de publicidade disponíveis no mercado. A publicidade nas Redes Sociais é atualmente o terceiro maior canal de investimento publicitário no mundo (mais de 275 mil milhões de dólares em 2020). A par disso, a publicidade nas redes sociais é também um dos canais mais acessíveis de momento. As redes sociais são sem dúvida um dos maiores fenómenos deste século.

Além do rápido crescimento não só no número de aderentes como no surgimento de novas plataformas, são canais de grande diversificação. São, por isso, excelentes ferramentas de ligação e proximidade, que vão permitir, com a estratégia certa e a sua consistência, alcançar e amplificar de forma exponencial os resultados do seu negócio. E agora, vai continuar à espera de que a digitalização chegue como por magia à sua empresa ou vai tomar uma decisão, que vai ter um enorme impacto positivo no seu negócio?

“As redes sociais são sem dúvida um dos maiores fenómenos deste século!”

E justamente, estamos aqui para o ajudar a aventurar-se hoje mesmo, no universo nas redes sociais. Somos early adopters. E é com uma visão omnichannel que atuamos para amplificar a sua marca no universo físico, digital e mais além…

Fale connosco: marketshow@marketshow.pt

Agradecimentos. Este artigo foi escrito por Sónia Dias – Partner at StaySharp, o nosso parceiro de Marketing Digital.

Sónia Dias – É uma apaixonada pela área da comunicação, onde trabalha há cerca de 20. Teve a oportunidade de trabalhar para dezenas de marcas nacionais e internacionais, dos mais variados setores, desde o turismo,grande consumo, retalho e PMEs e Startups, ao longo destes 20 anos. O seu gosto pelas viagens de conteúdos levou-a a criar o blog “Travel Random Notes”, que deu origem ao gosto de trabalhar marketing digital e em especial redes sociais,áreas em que desenvolveu ao longo dos últimos 8 anos.

#socialmedia #digitalmarketing #marketing2022 #happybrands #happypeople #happytalents #marketshow #wemakeithappy

How interesting was this post?

Click on a smiley to rate it!

Average rating 5 / 5. Vote count: 5

No votes so far! Be the first to rate this post.

We are sorry that this post was not interesting for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?