Todas as redes sociais atualizam diariamente as suas ferramentas e funcionalidades para os utilizadores. Surgem novas oportunidades de interação que criadores, marcas e empresas  podem aproveitar em seu benefício. Hoje falamos do LinkedIn, que enquanto rede social dedicada a fins profissionais, criou uma nova área para a atividade de freelancers.

Service Marketplace é o nome da mais recente ferramenta do LinkedIn. Descubra mais sobre esta atualização!

O fundamento do LinkedIn | A rede profissional

Lançado em 2003, o LinkedIn é uma rede social orientada para as comunicações profissionais e focada nas relações entre empresas, marcas, equipas de trabalho, indústrias, etc. Comunidades presentes no LinkedIn partilham as suas aptidões em determinadas áreas, partilham e interagem com conteúdo profissional ou utilizam a rede como um agregador de notícias e inovação. No fundo, é uma rede social focada no universo empresarial e no lado mais profissional da vida de cada um. Permite a criação de perfis individuais ou de empresas e marcas, que o utilizam como um canal de comunicação de valor acrescentado.

Atualmente, com mais de 575 milhões de utilizadores, continua a crescer e a impulsionar diferentes formatos de negócio.

“Service Marketplace” | A nova ferramenta do LinkedIn

O LinkedIn é reconhecido a nível mundial como a rede que ajuda a impulsionar currículos, aproxima perfis empresariais e funciona como uma ferramenta na procura de emprego. Mas nem sempre a pessoa que se candidata procura algo fixo, e por esta razão o LinkedIn desenvolveu a nova área Service Marketplace, neste momento com 250 categorias de trabalho. Veio dar resposta à dificuldade encontrada por parte de freelancers que procuram trabalhos pontuais e tarefas específicas.

A nova funcionalidade é a área ideal para conectar freelancers a empresas e marcas. Funciona como uma espécie de classificados e permite que os utilizadores interessados se candidatem a oportunidades de trabalho pontuais ou de curta duração. Tanto as empresas podem criar um anúncio de recrutamento pontual para determinada ação específica, como o utilizador pode anunciar a sua disponibilidade para este tipo de atividades. Depois de cada conexão e realização de trabalho entre as duas partes, o utilizador será avaliado visivelmente para posteriores contratações.

Como ter acesso à nova área do LinkedIn?

O novo serviço da rede social é gratuito, mas exige a configuração de um perfil freelancer que demonstra a intenção e interesse do utilizador em trabalhos pontuais. Este novo espaço é diferente em termos práticos da área normal de procura de emprego, porque não permite que o utilizador se candidate às vagas existentes, apenas que o lado profissional os encontre e faça uma proposta.

Service Marketplace é um conceito que veio facilitar o trabalho de quem contrata, evitando a perca de tempo na avaliação de longos currículos.

 

O LinkedIn continua a inovar nos seus formatos de relação profissional. Nomeadamente, o Service Marketplace que veio facilitar empresas e marcas a encontrar o freelancer certo. E por outro lado, veio ajudar quem procura trabalhos pontuais a encontrar o lado certo para o seu melhor desempenho. O LinkedIn é uma rede social que deve continuar a acompanhar e explorar!

#linkedin #digitalinnovation #socialmedia #digitalmarketing #marketing #happypeople #happytalents #happybrands #marketshow #wemakeithappy

How interesting was this post?

Click on a smiley to rate it!

Average rating 4.8 / 5. Vote count: 6

No votes so far! Be the first to rate this post.

We are sorry that this post was not interesting for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?